terça-feira, 23 de fevereiro de 2016

Resenha: Filhos Do Éden - Herdeiros de Atlântida


Oi Oi Lunatik's. Tudo bem por aqui? Fiquei alguns dias sem postar, mas hoje tem novidade pra vocês, a primeira resenha do blog (\o/). Acredito que pouquíssimas pessoas não sabem, mas Eduardo Spohr é um escritor brasileiro que faz muito sucesso com a literatura fantástica, se você não conhece a trilogia "Filhos do Éden" com certeza já ouviu falar do best-seller ''A Batalha Do Apocalipse", que eu já tive o prazer de resenhar no meu antigo blog aqui.

* Informações
- Autor: Eduardo Spohr
- Editora: Verus
- Literatura: Nacional/Ficção
- Páginas: 476
- Lido Em: Fevereiro de 2016

* Sinopse: 
Há uma guerra no céu. O confronto civil entre o arcanjo Miguel e as tropas revolucionárias de seu irmão, Gabriel, devasta as sete camadas do paraíso. Com as legiões divididas, as fortalezas sitiadas, os generais estabeleceram um armistício na terra, uma trégua frágil e delicada, que pode desmoronar a qualquer instante. Enquanto os querubins se enfrentam num embate de sangue e espadas, dois anjos são enviados ao mundo físico com a tarefa de resgatar Kaira, uma capitã dos exércitos rebeldes, desaparecida enquanto investigava uma suposta violação do tratado. A missão revelará as tramas de uma conspiração milenar, um plano que, se concluído, reverterá o equilíbrio de forças no céu e ameaçará toda vida humana na terra. Ao lado de Denyel, um ex-espião em busca de anistia, os celestiais partirão em uma jornada através de cidades, selvas e mares, enfrentarão demônios e deuses, numa trilha que os levará às ruínas da maior nação terrena anterior ao dilúvio o reino perdido de Atlântida.

* Resenha:
- Sobre o Enredo:
O livro é dividido em quatro partes, cada parte é ambientada em uma localização onde se passa os eventos. A narração intercala em seus capítulos o momento presente e o passado deixando a leitura dinâmica e nos explicando os eventos que estão acontecendo que tem alguma coisa ligada ao passado.

- Sobre os Personagens:
A personalidade de cada personagem que nos é apresentado é muito bem definida, alguns são do mesmo time porém com atitudes bem opostas. A Rachel e o Denyel são bem opostos, em momentos eu não sei se os odeio ou se gosto, o Denyel é todo errado porém extremamente leal e isso é um ponto positivo, já a Rachel é instável demais, em uns momentos ela é extremamente confiante e em outros insegura
, mas essa mudança de personalidade dela é totalmente aceitável. Levih e Urakin são bem opostos também tanto na casta como nas atitudes e por isso formam uma dupla tão perfeita.

- E o que você achou Luna?
Bom sou muito suspeita para falar sobre este livro do Spohr, porque quem me acompanha pelo skoob sabe que esta não é uma leitura nova e sim uma releitura para que eu pudesse ler os outros livros e para fazer a resenha para vocês. E a medida que fui relendo o livro só fui ficando ainda mais encantada com a forma como ele escreve, detalhista e minimalista enriquecendo a leitura. Apesar dos detalhes a leitura flui facilmente e logo na primeira página você já é fisgado pela estória e pelos mistérios que vai se revelando vagarosamente. Eu já havia classificado a leitura como um 4 estrelas no skoob, e com a releitura aumentei para 5 estrelas facilmente.
Eu super indico a leitura, não somente desse, mas de qualquer livro do Eduardo Spohr, cada vez que tenho contato com os livros dele, mais me apaixono e me encanto.


* Playlist:
- Radioactive (Imagine Dragons)
- Magnets (Lorde)
- Team (Lorde)
- Burn (Ellie Goulding)

E vocês já leram esse livro, ou algum outro do Spohr? Que músicas indicariam para a leitura? Estou esperando o comentário de vocês.

Beijos da Luna!


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sintam-se em casa, libertem a alma e o coração e deixe aqui a sua opinião ela é necessária e será muito bem recebida.
Beijim da Lua!

Você Vai Gostar de Ler:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...