segunda-feira, 18 de abril de 2016

Quero A Sorte De Um Amor Tranquilo

we<3It

  Eu quero a sorte de um amor tranquilo, amor esse que não me esconda, mas que me exiba ao seu lado sempre; amor que acalma a alma, mas que também saiba incendiar nos momentos certos; amor que ame e não somente que deseje, mas que haja desejo também e que este venha carregado de amor. Eu quero a sorte de um amor que cresce, que não pereça, mas que permaneça sempre a aquecer o coração; não quero amor de novela e tão pouco amor de conto de fadas, quero um amor real, palpável e que se prove amor todos os dias. Eu quero a sorte de um amor tranquilo, que me acorde na madrugada com mensagens sobre o nosso amor, que me traga flores sem motivo, que me surpreenda todos os dias e que nunca deixei o nosso amor entendiante.

  Eu quero a sorte do amor de Romeu e que ele não precise morrer por sua Julieta; quero a sorte do amor do Peter Pan por sua Wendy e que eles não precisem estar em terras tão distantes; eu quero a sorte de um amor intenso e que dure pela eternidade. Eu quero a sorte de um amor tranquilo e que esse amor não seja carregado pelo vento, tornando-se lembrança e fazendo de um coração remendado um coração em frangalhos; um amor tranquilo que seja mais sorrisos que lágrimas e que se houver lágrimas que elas sejam de emoção.

  Eu quero a sorte do amor do meu moreno, daqueles olhos castanhos tão intensos que quando me olha me enrubesce as bochechas e me faz voltar a ser menina tímida uma vez mais todos os dias; eu quero a sorte do seu amor e que ele não seja efêmero, mas que seja atemporal e que sempre cresça em nossos corações; eu quero a sorte do seu amor que me aquece até mesmo quando me resfrio, que não cede as minhas insistentes impulsividades de raiva e quando eu peço pra você ir embora e digo que não é o que eu quero você fica, me abraça e perdoa todos as minha palavras cortantes. Eu quero a sorte desse seu amor que se adapta a minha irritante cama tão pequena e até mesmo ao chão da sala da Tv só pra poder passar mais uma noite ao meu lado, que sai na chuva pra poder me render sorrisos, que deixa até o futebol pra ficar comigo ou que junta os dois pra não precisar ter somente um.

  Eu quero a sorte do teu amor meu moreno, que me encaixa nos teus sonhos, que dança ao meu ritmo e que nunca solte a minha mão; eu quero a sorte desse teu amor, meu futuro engenheiro que vagarosamente ajuda a arrumar a minha arquitetura tão singular de mulher; eu quero a sorte do seu amor que pinta o meu céu de cor e faz a vida ter um sabor diferente. Eu quero a sorte das suas escassas declarações de amor em público e das tantas ao pé do ouvido; eu quero a sorte da sua incapacidade de não guardar seu beijos na sua roda de amigos, mesmo sabendo que não é ético, eu quero tê-los. Eu quero a sorte do teu amor que não é tranquilo, que tem seus momentos de confusão, mas que se não fosse assim talvez não seria meu; eu quero a sorte até do teu ciúmes sem lei, que faz cara feia até pra'quele ator que nunca vou conhecer.

  Eu quero a sorte desse teu amor moço moreno, e que ele seja sempre preenchido, que não haja espaço para a solidão, mas que deixe pequenas brechas para a saudade, essa saudade que nos aperta o peito quando estamos distantes. Eu quero a sorte desse amor, que ele seja meu e que seja sincero. Não quero muito, só quero esse teu amor que não tem nada de tranquilo, mas que tranquiliza a minha alma tão inquieta.

P.s.: Não esqueçam de participar do Sorteio que tá rolando aqui no blog.

2 comentários:

Sintam-se em casa, libertem a alma e o coração e deixe aqui a sua opinião ela é necessária e será muito bem recebida.
Beijim da Lua!

Você Vai Gostar de Ler:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...