quinta-feira, 26 de maio de 2016

Música&Filme: Playlist - Alice Através do Espelho


Oi Oi Lunatik's. Tudo bem por aqui?
Alice através do espelho ainda nem chegou direito aos cinemas e já dividi a opinião dos críticos e fãs, então como eu deixei claro na postagem sobre Estreias do Mês aqui no blog, estava ansiosa para a estreia de Alice Através do Espelho, porque sou completamente apaixonada pelo mundo criado na história de Alice, mesmo sabendo que o diretor não é o Tim Burton e mesmo sabendo que o roteiro do filme é completamente diferente do livro, aqui estou contando as horas para poder assistir.

A intenção inicial era fazer uma playlist totalmente inspirada no mundo de Alice, então fiz uma mistura bem gostosinha de músicas que eu gosto e que são inspiradas em contos de fadas, mas devo ser sincera que de todos os clipes o da música Just Like Fire da Pink é o meu preferido, então vamos conferir...

1. Just Like Fire - Pink

2. White Rabit - Jefferson Airplane

3. Alice - Avril Lavigne

4. Brick by Boring Brick - Paramore

5. Wide Awake - Katy Perry

E como bônus resolvi colocar o novo clipe da Adele - , não tem nada haver com o tema, mas eu gosto demais dessa música.

Espero que tenham gostado da postagem.
Beijos da Lua!



sábado, 21 de maio de 2016

Resenha: A Batalha do Apocalipse


Oi Oi Lunatik's. Tudo bem por aqui?
Apesar da demora a Luna voltou ( \o/ ). E hoje, como vocês podem adivinha pela imagem inicial da postagem, é dia de resenha. Escolhi o livro "A Batalha do Apocalipse" por ser um livro nacional que eu adoro e que tem muita relação com o livro que estou lendo atualmente que também é do mesmo autor. Então vamos ao que nos interessa?

Informações:
- Autor: Eduardo Spohr
- Editora: Verus
- Literatura: Nacional/Ficção
- Páginas: 586
- Folhas: Brancas
- Relido Em: Abril de 2016

Sinopse:
Há muitos e muitos anos, há tantos anos quanto o número de estrelas no céu, o Paraíso Celeste foi palco de um terrível levante. Um grupo de anjos guerreiros, amantes da justiça e da liberdade, desafiou a tirania dos poderosos arcanjos, levantando armas contra seus opressores. Expulsos, os renegados foram forçados ao exílio, e condenados a vagar pelo mundo dos homens até o dia do Juízo Final. Mas eis que chega o momento do Apocalipse, o tempo do ajuste de contas, o dia do despertar do Altíssimo. Único sobrevivente do expurgo, o líder dos renegados é convidado por Lúcifer, o Arcanjo Negro, a se juntar às suas legiões na batalha do Armagedon, o embate final entre o Céu e o Inferno, a guerra que decidirá não só o destino do mundo, mas o futuro do universo. Das ruínas da Babilônia ao esplendor do Império Romano; das vastas planícies da China aos gelados castelos da Inglaterra medieval. A Batalha do Apocalipse não é apenas uma viagem pela história humana, mas é também uma jornada de conhecimento, um épico empolgante, cheio de lutas heróicas, magia, romance e suspense.

Resenha:
  Falar deste livro é um tanto complexo, porque apesar da narrativa ser bem longa não dá para fazer um resumo preciso sem dar spoilers, além de que é um livro pelo qual eu me apaixonei completamente por tanto não saberia expressar muitas coisas sem querer contar todo o livro, mas tentarei.

  A Batalha do Apocalipse conta a "história" (como diz a sinopse) de Ablon, é através da "história" deste anjo que nos envolvemos em toda a catástrofe que é o apocalipse e em toda a trama que tem por trás desse acontecimento bíblico que há muito assombra a humanidade. Segundo o livro o apocalipse não é algo que vai acontecer da noite pro dia, mas que há muito vem acontecendo e que haverá um clímax onde as forças contrárias (bem e mal) irão duelar e levar o apocalipse ao fim. Isso é tudo que posso falar sem spoilers.

  O livro em si é uma obra completa e que te prende por muito tempo e com muita satisfação, A Batalha do Apocalipse é mais do que apenas um livro literário, mas como diz a própria sinopse também uma viagem a momentos importantes da humanidade, é um livro fictício mas que traz algum conhecimento. A obra é bem estruturada e logo percebe-se que foi bem fundamentada em pesquisas. Por ser muito detalhista o livro as vezes torna-se cansativo, mas não se deixe enganar, são nos detalhes que encontramos coisas importantes para o desenvolvimento da narrativa.

  O Eduardo Spohr fez uma variação na sua narração, o livro conta com narrador em 3º pessoa e em 1º pessoa, tendo por partes acontecimentos no tempo presente e acontecimentos no tempo passado. Até metade do livro a minha leitura foi bem arrastada por conta dos detalhes e apresentações, o que me fez demorar um pouco pra ler, porém da metade em diante o livro ganhou vida e passei a me preocupar menos com os detalhes e a me ater mais aos mesmos. É da metade em diante que o livro chega a fase de te prender e fazer você querer largar tudo apenas para se prender a leitura.

  Mais uma vez ressalto os detalhes são de uma importância tremenda, por tanto por mais que pareça cansativo e chato o livro continue a leitura.
" A certeza não existe, nem a perfeita verdade. Mas sempre nos resta a fé, que nos faz confiar no impossível. E o impossível, com frequência, se torna concreto.                                                                                                                                                     - Pág.468 "
  Um ponto que eu acho importante ressaltar também é que você deve ler este livro sem preceitos pre-concebidos, muitas coisas no livro não vão de encontro a que as religiões pregam, por tanto é preciso ter a mente aberta para poder apreciar a leitura. Do mais devo dizer que o livro é simplesmente fantástico, uma viagem fascinante por pontos históricos e bíblicos.
" - Seja então nosso parceiro na paz - Ablon não queria perde-lo - Precisaremos de você para levantar o planeta dos escombros da guerra.                                                                                                                                                                                             - Pág. 484"
  A Batalha do Apocalipse é um livro digno de ser comparado a muitos best sellers que existem por ai, e em alguns casos até mesmo superior, é uma obra nacional que enche de orgulho qualquer leitor e por isso acho tão importante a leitura do mesmo. É um cinco estrelas que ganharia dez se tivesse essa classificação. Por tanto peguem seus livros, seus ebooks (não aconselho a leitura do mesmo em ebook por ser muito extenso) e embarquem nessa "historia" fantástica e surpreendente.


Gostaram da resenha? Já leram esse livro? Conhecem alguma outra obra do Eduardo Spohr? Caso se interessem tem resenha do livro Filhos do Éden: Herdeiros de Atlântida aqui no blog, vem conferir. Espero comentários.

Beijos da Lua!


sexta-feira, 13 de maio de 2016

Você É Linda Menina!

Leia Com a Música
Via: Pinterest


  Então menina como está? Estive sumida alguns meses, eu sei, mas é que você precisava de um tempo para entender a diferença que há entre sermos nós e sermos o que querem que você seja; tive que partir para que você pudesse analisar os fatos sem ouvir minha voz sempre tão influente, sim eu sou influente sobre você, porque eu sou a sua personalidade e eu voltei porque mesmo sem me ter sussurrando ao seu ouvido você continuava a ter resquícios de mim. Vamos nos resolver moça? 

  Estive te observando no silêncio e chorei algumas tantas vezes quando se recusou a vestir aquela roupa porque disseram que era vulgar demais, chorei quando você se recusou a comer seu sanduíche preferido porque disseram que você estava gorda, chorei quando te vi pintar as unhas de rosa porque você precisava parecer mais mulher e solucei no escuro quando se recusou a usar o seu batom favorito por ser forte demais para uma menina. Não te criei assim moça, isso não sou eu, não somos nós... Se olha direito moça e veja o que eu vejo daqui, olha você menina e se ache o máximo, você tem esse direito e ninguém pode tirar, o que tem de errado com você? És tão linda quanto alguém pode ser, vai lá no guarda-roupa pega aquele vestidinho preto que nunca mais usou, coloca uma maquiagem ou se preferir coloca só aquele batom vermelho que te deixa encantadora, solta esses cachos menina e vai ser feliz.

  Entende menina que o tamanho da sua cintura não define sua personalidade, que se você não tem coxas grossas ou bunda grande não define sua inteligência, você já nasceu linda moça e o que te torna irresistível é essa sua capacidade de falar sobre tudo ou ficar calada observando as estrelas, o que te torna incrível é essa sua capacidade de sorrir com o vento, você não precisa ser discreta se você não sabe ser, a única coisa que basta é que você seja você. Se alguém te disser o contrário menina procure não ouvir, valoriza aqueles que te valorizam como tu és, aqueles que não querem mudar teu jeito desastrado, que aceitam teu corpo como ele é, que entendem que a roupa seja ela curta ou decotada não muda o seu interior e não define suas atitudes, aprende menina a valoriza aquele que diz todos os dias que você é linda exatamente como você é.

  Olhe no espelho menina e veja que tudo em você é lindo, pegue aquela sapatilha confortável nada de salto por hoje, porque eu sei o quanto você prefere o all star no lugar daquele salto agulha; coloque aquele brinco que parece de menina rebelde, nós sabemos que um pedacinho de nós nunca deixou de ser maloqueira e que as unhas pretas fazem falta. Seus olhos que mudam de cor devem estar claros exatamente como eles ficam quando você está feliz, não troque seus vícios pelo de ninguém, não baixe a cabeça menina e seja forte como sempre foi. Tá vendo agora menina? Você é linda, agora vai sem medo sorrir pro mundo e não deixe nada definir quem você é. Seu calçado pode não ser 34 e sua cintura pode até não ser 36, mas o brilho que tem nos teus olhos já é suficiente para encantar.

"Não existe corpo bonito ou feio. Todos são únicos e lindos!" (Ariana Grande)


terça-feira, 3 de maio de 2016

Filmes: Estreias do Mês

Oi Oi Lunatik's tudo bem por aqui? Primeiríssima postagem do mês de Maio e vamos falar dos filmes mais aguardados para esse mês, fiz uma pesquisa demorada para trazer as noticias mais certas possíveis, mas caso tenha alguma divergência de informações fiquem a vontade para me informar ou por email ou através dos comentários. Então vamos ao que interessa...

* 05/05/2016 *
O Maior Amor do Mundo 

- Titulo Original: Mother's Day
- Direção: Garry Marshal
- Duração: 1h58min
- Gênero: Comédia Romântica
Sinopse: Nesta comédia romântica, várias histórias associadas à maternidade se cruzam: Sandy (Jennifer Aniston) é uma mãe solteira com dois filhos, Bradley (Jason Sudeikis) é um pai solteiro com uma filha adolescente, Jesse (Kate Hudson) tem uma história complicada com a sua mãe, Kristin (Britt Robertson) nunca conheceu a sua mãe biológica e Miranda (Julia Roberts) é uma escritora de sucesso que abre mão de ter filhos para se dedicar à carreira.

* 12/05/2016 *
Angry Birds

Você Vai Gostar de Ler:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...