quinta-feira, 12 de julho de 2018

Resenha: A Lista Dos Meus Desejos - Grégoire Delacourt

Oi Oi Lunatic's! Tudo bem por aqui? Depois de uns dias sem postar, resolvi trazer mais uma resenha de livro pra vocês. Dessa vez o escolhido para a resenha é o livro "A Lista Dos Meus Desejos", uma literatura francesa curta e bem boazinha de se ler. 
Vamos as minhas impressões...

* INFORMAÇÕES *
Título: A Lista Dos Meus Desejos - La liste de mes envies
Autor: Grégoire Delacourt
Editora: Alfaguara - Objetiva
Literatura: Drama / Literatura Estrangeira Francesa
Páginas: 152
Lido Em: Janeiro de 2018
Onde Comprar: Amazon
Skoob
Sinopse: Jocelyne Guerbette é uma mulher de meia-idade que sempre teve uma vida modesta e pacata. Mora há décadas numa pequena cidade francesa com o marido, tem um armarinho e escreve um blog sobre costura que, sem suspeitar, é cada dia mais lido. Jo tem duas amigas inseparáveis — as gêmeas Danièle e Françoise, donas de um salão de beleza — que sempre apostam na loteria e sonham com o que fariam se ficassem milionárias. Um dia, pressionada pelas irmãs, Jo decide comprar um bilhete. E ganha, sozinha, 18 milhões de euros. É o início de uma reviravolta em sua vida. Por um lado, tudo em que ela sempre acreditou começa a desmoronar diante de seus olhos. Por outro, poderá descobrir a felicidade onde nunca havia esperado. A lista dos meus desejos é um livro sobre a felicidade, e um conto de fadas moderno sobre a redenção nos momentos mais difíceis.

* MINHAS IMPRESSÕES *
- Trama e Narrativa:
Como a própria sinopse do livro fala, Jo é uma mulher de meia idade que tem duas amigas viciadas em jogo e que a estimulam a jogar, com uma única tentativa Jo consegue ganhar sozinha 18 milhões de euros. Com uma narração em primeira pessoa a lista dos meus desejos é um livro pequeno e realista. É um livro intenso que aborda temas pesados como alcoolismo, aborto e ganância de uma forma bem direta e sem rodeios. Apesar da sinopse dizer que o livro é um conto de fadas moderno - na minha opinião - ele não deveria ter tal comparação pois contos de fadas em sua maioria tem finais felizes e este livro não tem um final feliz, pelo contrário, tem um final que deixa a desejar. 

- Personagens:
Este não é um livro de muitos personagens, pois a maior parte da narração gira em torno da Jo que é a personagem principal, tem 47 anos e é uma mulher conformada com a vida que tem. É dona de um armarinho de costuras que não dá muito lucro e um blog que ama escrever. Como já disse antes é uma mulher conformada com a vida e que tem que ela considera feliz - mas eu discordo completamente.
Além da Jo conhecemos também o seu marido Jocelyn - sim, esse é um nome francês masculino - que não me conquistou em nada dentro da história, achei o marido grosseiro e pouco amaroso, mas como o livro traz um relato realista, infelizmente há muitos maridos como Jocelyn por aí. Outra personagem interessante porém não muito presente é a filha de Jo, Nadine, uma moça bem na dela que produz documentários e não é de muita conversa.

- Design:
Esse é um dos livros que me conquistou pela capa - que por sinal combina muito com a trama - é linda e delicada. Não tenho como falar da diagramação pois a leitura que fiz foi em ebook e quando lemos em ebook infelizmente perde muito deste detalhe. A escrita do autor, na minha opinião, deixa muito a desejar pois não tem sinalização de diálogos que surgem no meio da narração.

- Finalizando:
Enfim, "A Lista dos meus Desejos" é um desses livros curtos que se lê em um dia - no máximo dois - e que eu esperava bem mais da leitura. Esperava mais emoção, esperava mais comoção e esperava mais felicidade, pois tudo o que teve destes três itens foi muito pouco, o livro é muito realista e sincero e nos mostra outro ponto de vista sobre a perspectiva de ganhar na loteria. De certa forma nos faz pensar um pouco, pois a personagem principal tem tão pouco e ainda assim é feliz - apesar da felicidade dela não nos convencer. Indicado para quem quer uma leitura rápida, desapegada e para quem quer apenas ter o prazer de ler algumas páginas, mas ressalto mais uma vez, sem muitas expectativas.

Por hoje Lunatic's é só. Contem-me nos comentários se vocês já leram esse livro, conhecem? Caso ainda não tenha lido o que a minha resenha - sincerona - desperta em vocês? Devo dizer que este é meu primeiro contato - que eu me recordo - com a literatura francesa, não foi a melhor experiência, porém não irei desistir. Pretendo me aventurar por outras literaturas além da americana, desbravar novos mundos, novos ares e novas culturas.

Beijos da Lua e até o nosso próximo encontro!!!

sexta-feira, 6 de julho de 2018

Rotina Diária Com Bebê - Agora Sou Mãe


Oi Oi Lunatic's. Tudo bem por aqui?
Hoje vamos para a segunda postagem da nova coluna "Agora sou Mãe",na primeira postagem desse tema falei/contei o meu relato de parto para vocês (se ainda não viu basta clicar neste link). Hoje vamos explorar um pouco a minha rotina em casa cuidando da minha pequenina Ma Vie. Segue o vídeo.


Como vocês podem perceber pelo vídeo, aqui em casa não temos babá e todos os dias passamos só eu e Ma Vie e quando dá certo minha irmã e o marido. Nós somos encarregados por todas as atividades da casa desde a limpeza até alimentação e algumas vezes fazemos a divisão das tarefas e outras não, ou seja, faço a maioria das coisas.

Nesse dia de rotina em que gravei, fiquei responsável (além de cuidar da Ma Vie) por fazer o almoço, lavar a louça pós-almoço e encher os litros. Além é claro das minhas atividades além das atividades de casa, como responder os comentários do blog, visitar os blogs de alguns amigos, visitar o canal de alguns colegas e organizar meu Bullet Journal e meus dias.

Infelizmente não foi possível gravar o resto da rotina depois que voltamos do supermercado por cansaço, mas logo depois que chegamos do supermercado fomos guardar todas as compras, providenciar o jantar e dá atenção a Ma Vie, terminei não passando a roupa dela como deveria ter passado, mas aproveitei muito a minha filha e isso é o que realmente importa.

Espero que tenham gostado do vídeo e da postagem de hoje. E me digam nos comentários o que acharam do nosso primeiro vlog? Devo melhorar o que para ficar ainda melhor? 
Beijos da Lua!!!

terça-feira, 26 de junho de 2018

Saudosa Manhã

Google Imagens

  Acordei com o dia saudoso, sim a minha manhã de sexta estava saudosa. O vento que soprava incansável e balançava a copa das àrvores me lembrava tempos remotos e felizes de uma infância muito bem aproveitada.

  Sinto saudades do tempo em que minha única preocupação era em manter o boletim dentro do aceitável para ter as férias mais duradouras possíveis e poder passar as manhãs a sombra das mangueiras, a tarde desbravando as matas com minhas amigas inseparáveis, as festas do pijama que as histórias de terror sempre estragavam e as despedidas chorosas do último dia das férias ao pôr-do-sol na ponte jogando pedrinhas no riacho.

  Saudade dos banhos de chuva sem pensar na garganta inflamada que certamente viria depois; dos banhos de cachoeira e de rio; das escaladas nas árvores que rendiam machucados nem sempre dolorosos e sempre esquecíveis. Aqui olhando o tempo e lembrando dos belos momentos fico somente a desejar que a minha pequena filha aproveite cada pedaço da sua infância tanto quanto lhe for possível e que sejamos pais ao menos metade do que nossos pais são. Não tenho o que falar de meus pais, sou somente pura admiração e agradecimento; minha mãe de fato não tinha braços e beijos que curassem as dores, mas tinha companhia e palavras que eram tão boas ou até melhores que muitos beijos e abraços.

  As responsabilidades da vida adulta inevitavelmente chegaram cedo para mim, mas apesar de cedo pude aproveitar bem cada fase e cada momento da minha vida, hoje tenho a sensação convicta de que não pulei fases ou apressei momentos. Olhando para os passos passados sei que cada pequena escolha me trouxe ao que sou hoje e a vida que tenho. Obviamente ainda me falta realizar alguns sonhos e conquistar alguns objetivos, mas já sou grata por tudo o que tenho e vivi até aqui.

  Agradeço ao destino por suas pontas sem amarras e ao livre arbítrio que Deus nos proporciona sempre. Agradeço a criança, a adolescente e a jovem que fui; pego nas mãos minha xícara de café quente que inebria o ambiente com seu aroma, o sol já vai alto no céu e é hora de começar a lapidar a mulher já construída naquela que pretendo ser. Mangas arregaçadas e mãos prontas para o trabalho, obrigada saudosa manhã!

quinta-feira, 21 de junho de 2018

Resenha: Cujo - Stephen King

Oi Oi Lunatic's. Tudo bem por aqui?
Depois de alguns dias sem postar por aqui (perdoem a demora e a correria mas tenho uma pequenina que está tomando o meu tempo e estou amando dedicar-me a ela) finalmente retornei a nossa casa e desta vez com uma resenha que passou a frente de todas as outras já programadas pela simples necessidade que eu estava de conversar com alguém sobre Stephen King.

* INFORMAÇÕES *

Título: Cujo
Autor: Stephen King
Editora: Selo Suma de Letras - Grupo Companhia das Letras
Literatura: Estrangeira / Terror
Páginas: 376 páginas
Lido Em: Maio de 2018
Onde Comprar: Amazon 
Skoob
Sinopse: Frank Dodd está morto e a cidade de Castle Rock pode ficar em paz novamente. O serial-killer que aterrorizou o local por anos agora é apenas uma lenda urbana, usada para assustar criancinhas.Exceto para Tad Trenton, para quem Dodd é tudo, menos uma lenda. O espírito do assassino o observa da porta entreaberta do closet, todas as noites.Você pode me sentir mais perto… cada vez mais perto.Nos limites da cidade, Cujo - um são-bernardo de noventa quilos, que pertence à família Camber - se distrai perseguindo um coelho para dentro de um buraco, onde é mordido por um morcego raivoso.
A transformação de Cujo, como ele incorpora o pior pesado de Tad Trenton e de sua mãe e como destrói a vida de todos a sua volta é o que faz deste um dos livros mais assustadores e emocionantes de Stephen King.
  Cujo é o primeiro livro de Stephen King que tive o privilégio de ler, sempre tive muita curiosidade a respeito de suas obras, mas como a maioria delas ainda está um pouco fora do meu orçamento nunca tinha tido a oportunidade. Porém em um desses dias de muita sorte ganhei dois livros de Stephen King (junto com alguns outros) da editora Suma de Letras. E devo dizer que para um primeiro contato com as obras de SK, estou mais do que satisfeita.

  * MINHAS IMPRESSÕES *

- Trama e Narrativa:
  Como é mencionado na sinopse do livro, Cujo é o São Bernardo da família Camber que é composta pelo mecânico Joe Camber, sua esposa x e seu filho y, Cujo pesa mais de 90 Kg e apesar do seu tamanho e robustez é um cachorro dócil e sensível. Tad Trenton é um garotinho de 4 anos, filho de Donna e Vic Trenton, a família teve que se mudar para o Maine para que Vic pudesse abrir e administrar junto com seu melhor amigo Roger uma agencia de publicidade, porém essa mudança causou abalos no casamento deles, pois Donna odiava a ideia de deixar a cidade de Nova York para ir morar numa cidadezinha do interior. Todos os eventos seguintes irão se desenrolar envolvendo essas duas famílias e as poucas pessoas que estão ao redor de cada uma delas.

  A narração de todo o livro é feita em terceira pessoa, ou seja é um narrador observador e onisciente, que nos conta de forma intercalada as desavenças que estão acontecendo na casa dos Trenton, o dia a dia da família Camber e assustadora transformação de Cujo após ser mordido por um morcego contaminado com raiva. Um dos pontos que gostaria de destacar na escrita e narrativa do SK nesse livro é que por ser um narrador onisciente nós sempre sabemos o que vai acontecer nas próximas páginas e é aí que reside o triunfo do SK que nos faz ficar grudados no livro até chegar na última página; outra coisa que achei extremamente importante e interessante para a narrativa foi podermos vez ou outra saber o que está se passando na mente de Cujo.
" Se fosse para casa, um dos integrantes da santíssima trindade -  o homem, a mulher e o menino - perceberia que ele tinha aprontado alguma e se machucado. Era bem possível que um deles lhe dissesse coisa feia. (...) " (Pág: 32)

- Personagens:
  O narrador vai nos apresentando aos personagens da história a medida que vai "andando" pela cidade, ou a medida que os caminhos dos personagens se misturam. Aos poucos vamos conhecendo mais sobre Tad, Donna e Vic Trenton e também descobrimos aos poucos como o casal vive uma vida de ilusões e como os pesadelos de Tad parecem ser tão reais ou proféticos. Conhecemos mais sobre os Camber e como Charity Camber sobrevive dia após dia a um casamento "difícil" por medo.
  De todos os personagens do livro nenhum em especial ganhou meu coração, todos tiveram seus momentos de altos e baixos e consequentemente os momentos em que gostei e odiei. O único que realmente não me desceu de forma alguma foi o Joe Camber, esse personagem em especial me causou nojo.


- Design:
  O livro não tem muito design a ser destacado. As folhas são amareladas e a letra tem uma fonte de tamanho muito boa, e ambos facilitam a leitura pois não deixa a vista cansada. Esta edição que ganhei faz parte da Biblioteca Stephen King, por tanto tem a abertura em folhas pretas e letras brancas, capa dura com detalhe de uma pata de cachorro em baixo relevo - o que provoca uma sensação muito boa ao passar a mão - e não é dividido em capítulos, ou seja, é uma leitura continua.

 

- Finalizando:
  Cujo é uma leitura classificada como Terror, serei mais precisa e direi que este livro é um terror psicológico dos bons - para quem não sabe, terror psicológico é todo aquele que o medo/temor é gerado pela vulnerabilidade da mente humana a alguma situação ou sensação desconfortável psicologicamente - pois o que sentimos não é medo e sim receio pelo bem estar físico e psicológico dos personagens.
" Ele se virou, puxando a arma, mas só conseguiu ter uma visão borrada do cachorro - um cachorro imenso - que pairava no ar. Cujo atingiu o (...)  na altura do peito, arremessando-o contra a traseira do corcel. "                   (Pág: 301)
  O narrador ser onisciente faz toda a diferença na leitura - como eu já citei - e conduz de forma brilhante o leitor por todo o desenrolar da trama com o coração na mão e ainda que algumas passagens, no meu ponto de vista, seja totalmente desnecessárias, isso não faz com que a leitura perca a sua qualidade. O São Bernardo Cujo ganha o nosso coração assim que nos é apresentado, ainda no inicio do livro, e um dos pontos mais tristes da história é sem dúvidas a sua transformação.

  Assim que finalizei a leitura do livro a classifiquei como uma leitura 3,5 de 5 estrelas, porém não seria justo dá 3,5 pelo argumento que eu estava utilizando. O final do livro, ou uma pequena parte dele, não me agradou e isso não é argumento suficiente para uma classificação de bom quando tudo no livro leva ele a ser ótimo. Os livros não são obrigados a terem finais que sejam agradaveis a todos os seus leitores, certamente assim como eu não gostei muitos devem ter achado o final justo. Por tanto finalizo esta resenha dizendo que Cujo é um livro de leitura rápida, fluida e surpreendente; é um desses livros que simplesmente não nos arrependemos de dar uma oportunidade e posso afirmar - apesar de ser o primeiro contato - que SK ganhou mais uma leitora e admiradora de seu trabalho.


  Por hoje é só meus amores. Até a próxima postagem.
  Beijos da Lua!!

terça-feira, 29 de maio de 2018

Agora Sou Mãe - Relato de Parto


Oi Oi Lunatic's tudo bem por aqui? Finalmente estamos de volta as atividades tanto aqui no blog como no canal, na ultima postagem que eu fiz (Um desabafo especial) eu disse que quando retornasse traria novidades. E a novidade é que agora teremos uma nova coluna no blog, a coluna "Agora Sou Mãe". Nessa nova coluna falaremos da mais nova aventura da minha vida, ser mãe. Nesta primeira postagem e primeiro vídeo vamos falar sobre o Parto da nossa pequena Ma Vie. 



Complementando o que foi falado no vídeo, a nossa filha nasceu no dia 28 de março de 2018 as 18:40 de parto cesáreo pesando 3,320kg e com 48cm. Saudável e com muita fome. Como citamos no vídeo temos muitas pessoas para agradecer, não somente aquelas que foram citadas no vídeo, mas as nossas famílias e amigos que ainda que distantes, estiveram o tempo todo em oração para que tudo ocorresse bem. Agradecemos mais uma vez ao nosso bom Deus que não permitiu que nada de pior acontecesse e nos colocou na mão de uma equipe incrível e disposta a fazer o seu melhor.

Sei que o vídeo não ficou na melhor qualidade possível, mas como vocês perceberam ainda é muito delicado falar do assunto, é uma carga emocional muito grande lembrar dos momentos que passamos e ainda assim no final tudo foi uma vitória e hoje é o nosso motivo de sorrir todos os dias. 

"Ainda que eu ande pelo vale da sombra da morte, não temerei mal algum, porque tu estás comigo; a tua vara e o teu cajado me consolam."                                                                                                                                                                                      - Sl 23, 4.
Por hoje é isso meus queridos, até a próxima postagem.

Beijos da Lua! 

quarta-feira, 11 de abril de 2018

Um Desabafo Especial.


Oi Oi Lunatic's tudo bem por aqui? Comigo graças a Deus está tudo ótimo. Sei que tenho estado ausente esses dias, a última postagem do blog foi dia 20 de março e resolvi vir até aqui dá algumas explicações e conversar um pouquinho com vocês. Isso mesmo essa é uma postagem tipo conversa entre melhores amigos, desabafo mesmo.

Sei que pouquíssimos que acompanham o blog também me acompanham em outras redes sociais (na verdade quase nenhum dos seguidores/leitores do meu cantinho o fazem) e por essa razão a grande maioria de vocês não sabem que a minha princesinha finalmente nasceu *-*. Postei no dia 20 de Março um vídeo no canal de bookhaul (se você ainda não viu, basta clicar aqui) onde mostrava também o meu barrigão, o vídeo havia sido gravado alguns dias antes (15 de Março) e eu estava com 39 semanas, pois bem a Ma Vie ainda ficou no ventre da mamãe por mais duas semanas e chegou ao mundo dia 28 de março de 2018 as 18hrs da noite. 

Talvez a grande maioria não saiba, mas um recém-nascido exige muito dos pais. Exige tempo, exige dedicação e exige paciência. E apesar de amar esse cantinho, eu quero aproveitar cada segundo dos quase quatro meses que vou ter com ela e como essa fase inicial não é fácil eu resolvi dedicar-me completamente e somente a minha bebê. Confesso que adoraria dar conta das duas coisas, mas não tenho somente o Blog e a Ma Vie, tenho as atividade domiciliares da universidade pra dar conta também e por ser avaliações que farei no conforto da minha casa os professores não pegam leve (isso os que enviam, porque apesar de ser lei e eu ter direito a esse afastamento, muitos professores na universidade torcem o nariz pra essa "comodidade").

Além dessas razões pessoais, tenho também razões relacionadas ao blog para decidir esse breve afastamento; por mais que eu faça resenhas e vídeos por amor a leitura não nego que gosto das estatísticas e dos números e infelizmente meu blog e o canal não tem crescido como eu gostaria, o número de inscritos não muda faz alguns meses e isso de certa forma desestimula. Sei que em partes a culpa é minha, não tenho feito as divulgações necessárias, nem as parcerias necessárias para que aconteça esse crescimento, mas tenho convicção do meu trabalho e da qualidade do meu material e sei que nessa questão apesar do blog ser "pequeno" é melhor do que muitos blogs com um número altíssimo de seguidores, porém isso não é suficiente para as editoras, qualidade não é suficiente e nem parâmetro para um mundo virtual atual onde somente os números interessam. E sim isso desestimula. 

Para quem não sabe eu não sou blogueira de hoje ou de ontem, tenho blog desde 2011 mas senti a necessidade de me recriar e acabei perdendo muito nessa mudança (deixo aqui o link para os meus outros dois blogs desativados o Lua de Prata e o Resenhas da Lua), não me arrependo de ter mudado os blogs e unificado os dois nesse lugar que chamo carinhosamente de Cantinho da Lua, mas sinto falta da quantia de seguidores que tinha nos outros dois e que em dois anos não consegui nem 50 seguidores e isso chega a ser cômico. 

Irei me afastar pelo período de um mês, exatamente o tempo necessário para me adequar a minha filha, a minha nova realidade e a minha nova rotina. Vamos considerar que estou tirando férias e retorno na terceira semana de maio, com muitas resenhas em texto e vídeo, com muitos vídeos e com conteúdo novo e novidades pra vocês, não falarei a novidade do blog e do canal agora, pois usarei esse mês para desenvolver conteúdo e pensar algumas (talvez) mudanças. Do mais é isso, ficou longo, mas precisava muito desse desabafo com vocês.

Muita Luz e Paz pra vocês e até o retorno!!!!
Beijos da Lua!!


terça-feira, 20 de março de 2018

Book Haul: Janeiro e Fevereiro 2018


Oi Oi Lunatic's tudo bem por aqui? Essa é mais uma postagem integrada com o canal do blog e dessa vez o vídeo que trouxe pra vocês é de um Book Haul curtinho, porém cheio de muito carinho e amor. Vamos conferir!



* Livros Citados *
- O Alquimista - Paulo Coelho: http://amzn.to/2FYatFX
- O Homem Mais Inteligente da História - Augusto Cury: http://amzn.to/2GMWpjQ
- Nossa Querida Bebê: http://amzn.to/2FZ3HQn

Bom gente esses foram os livros comprados em Janeiro e Fevereiro desse ano. Lembrando que se alguém se interessar por algum desses livros seria muito importante para o blog/canal que vocês comprassem através desse link que disponibilizei pois irá nos ajudar muito.

Por hoje é isso, e até a próxima postagem!
Beijos da Lua!!

quinta-feira, 15 de março de 2018

Carta A Minha Vida...

Antes de começar a leitura, aperte o play!



  Mesmo meses depois eu ainda me recordo bem do dia em que descobri que você existia dentro de mim, aquele dia eu não sabia ao certo como me sentir, foram tantos sentimentos misturados... Eu tanto te queria, mas não estava pronta para te receber e por isso havia te planejado para anos mais a frente, mas Deus te planejou pra mim nesse momento. Foram dias me acostumando com a ideia, com as mudanças que foram acontecendo aos poucos, os enjoos que apareceram, o corpo que foi se modificando e a mente que foi amadurecendo.

Acervo Pessoal. A reprodução da imagem não é permitida.

  Decorei teu quarto ao mesmo tempo em que decorava cada letra da canção que quero te cantar para ninar. Senti meu coração aumentar dentro do peito todas as vezes que sentia você mexendo dentro de mim, chorei na primeira ultrassom onde descobri que esperava uma princesa e sorri em todas as outras que se seguiram ao ouvir o teu coração. 

  Ah o bater do teu coração, acelerado, forte e imponente dizendo para mim "estou aqui mamãe", neste dia descobri que esse poderia ser o melhor som que ouviria nos meses que se passaram; sempre ouvi as pessoas dizerem que um dia eu entenderia por completo sobre o amor, entenderia que ele pode ser incondicional e imortal, entenderia que o amor não tem forma e não precisa de um rosto para ser amor, e sempre me questionei como isso poderia ser possível, e você foi a resposta mais linda que Deus poderia dar as minhas perguntas. Você é meu Amor Incondicional, um amor tão lindo e puro que surgiu de um outro amor.

Acervo Pessoal. A reprodução da imagem não é permitida.

  Preparei-me durante meses para poder te receber em meus braços, li artigos, busquei revistas, escutei conselho dos mais velhos, anotei dicas, montei cadernos; mesmo assim sei que jamais vou estar preparada o suficiente para ser sua mãe. Haverão momentos em que eu não saberei o que fazer, haverão dias em que talvez eu não tenha paciência o suficiente ou respostas certas para as suas perguntas, e tudo o que te peço é que me perdoe, pois estarei tentando ser a melhor do mãe do mundo para você. 

  Te prometo Minha Vida que serei seu melhor refugio e sua melhor companhia; que irei aprender a definir seus choros e a decifrar suas dores; você será sempre a minha prioridade e a cada pequena conquista sua eu estarei ao seu lado. Você já me ensinou desde o ventre a respeito de abdicar mão de mim e pensar em outro alguém. E que tenhamos a vida para aprendermos uma com a outra. Você a ser alguém enquanto eu aprendo apenas a ser sua mãe.

Com Amor, Mamãe!

segunda-feira, 5 de março de 2018

Filme Resenha: Pantera Negra (Black Panther)

Oi Oi Lunatic's, tudo bem por aqui?
Tenho muitas resenhas atrasadas para postar por aqui, porém resolvi começar com a resenha do filme Pantera Negra por ser uma das minhas resenhas mais atuais e também porque gostaria muito de dividir a minha opinião sobre o filme com vocês o mais rápido possível.
Então sem muita conversa e enrolação, vamos a resenha.

* Informações:
- Titulo Original: Black Panther
- Direção: Ryan Coogler
- Gênero: Ação, Fantasia
- Duração: 134 min
- Distribuidora: Disney
- Orçamento: US$ 120 milhões
- Estreia: 15 de Fevereiro de 2018

* Sinopse: 
Após os eventos de Capitão América: Guerra Civil, o rei T'Challa volta para sua casa, a nação isolada e altamente tecnológica de Wakanda, para começar a servir como o novo líder. No entanto, ele descobre que outras tribos de seu país querem disputar o trono, enquanto inimigos conspiram para descobrir os segredos guardados pelo país. 



* Opinião:
Pantera negra é um daqueles filmes que te deixam sem ação depois que você sai do cinema, demorei um pouco para conseguir produzir essa resenha pelo simples fato de que não conseguia colocar em palavras todas as sensações que o filme havia conseguido gerar em mim, tanto que precisei da ajuda do marido para as palavras finalmente sair (sim mais da metade desta resenha quem fez foi o meu marido, Carlos Danilo, muito obrigada pela ajuda meu amor). 

Como fala a sinopse, o filme começa logo após os acontecimentos de Capitão America: Guerra Civil e com o príncipe T'Challa (Chadwick Boseman) voltando a sua terra natal Wakanda para poder assumir o trono de rei. Temos ai o gancho necessário para sermos apresentados a famosa Wakanda e seus mistérios, e aos futuros personagens importantes para o desenrolar da narrativa. Ainda abalado pela morte de seu pai T'Chaka (John Kani) o Principe T´Challa sente-se despreparado para assumir o trono, então decide ir atrás do seu amor de adolescente Nakia (Lupita Nyong'o) que esta em uma missão de espionagem que o filme não detalha muito, logo após o resgate eles voltam para Wakanda onde será realizada a coroação.


O ritual de coroação acontece sem muitos imprevistos, o que me chamou atenção foi que os poderes do Pantera podem ser retirados e inseridos novamente. Até que um desafiante da tribo dos Jabari, M'Baku  resolve aparecer e desafiar o indicado ao reinado, uma luta acontece, mas como o previsto, o Príncipe T'Challa vence e se torna rei. Depois da luta o novo rei de Wakanda passa pelo ritual de coroação, que consiste em ser levado a outra dimensão (um tipo de céu dos panteras negras) para conversar com seu pai, onde ele confessa não se sentir preparado, mas é bem instruído por seu pai e volta para governar seu país. 

O então assassino de seu pai Garra Sonica (Andry Serkis) que estava sumido a muito tempo resolve aparecer, o rei resolve formar uma equipe para ir atras do assassino que é formada por ele, sua paixão Nakia, e a General Okoye (Danai Gurira), o local escolhido pelo Garra Sonica para a venda de armas é na Coreia do Sul, então a equipe do pantera descobre o local para capturar o assassino e leva-lo para ser julgado em Wakanda, o que o nosso heroi não esperava era que teria uma equipe do FBI liderada pelo agente Everett Ross (Martin Freeman) querendo capturar o vilão, acontece alguns imprevistos mas eles conseguem capturar o vilão, ele é levado para um esconderijo do FBI, onde os agentes tentam conseguir informações sobre o vibranium roubado por ele, enquanto eles fazem o interrogatório com o vilão, a equipe dele que é Erik Killmonger (Michael B. Jordan) e sua namorada  preparam um plano para o resgate e o resto não falaremos porque seria muitos spoilers numa postagem só.


Pantera Negra é um filme consistente, com começo, meio e fim que se interliga de maneiras inesperadas, porém seguras. Uma curiosidade que deve ser mencionada é que este é um dos primeiros filmes com a maior parte de seu elenco sendo negra, outra curiosidade interessante a ser citada é que a linguagem africana aparece sim em alguns momentos do filme e foi lindo de se ver. Este sem dúvidas é um dos filmes atuais da Marvel mais sério e diga-se de passagem que não tem medo de falar da segregação racial dos EUA. Quanto ao elenco, não tem defeitos, todos são carismáticos e condizentes com o papel que interpretam, o Chadwick Boseman parece ter nascido para ser o Pantera Negra. O elenco feminino nem de longe fica atrás e nas cenas de lutas muitas vezes rouba a cena.
Pantera Negra consegue ser tão perfeito que até mesmo o vilão é carismático e tem como pano de fundo para suas atitudes uma história compreensível e que nos faz questionar se T'Challa será realmente capaz de ser um bom rei.


Quando terminou a sessão do cinema, fiquei não somente feliz por ter assistido um filme incrível, onde difícil é achar falhas, mas também com a certeza de que minhas definições de heroi preferido haviam sido atualizadas e meu coração foi roubado em grande estilo pelo povo de Wakanda. O filme conta com duas cenas pós-créditos por tanto um pouquinho de paciência sempre cai bem no final.

Por hoje é isso pessoal, já assistiram Pantera Negra? Se sim conta nos comentários o que achou, e se ainda não viu, se ainda estiver em cartaz na sua cidade não perca a oportunidade, pois é um ótimo filme.
Abraços da Lua!



segunda-feira, 26 de fevereiro de 2018

5 Metas Para 2018!

Oi Oi Lunatic's!! Tudo bem por aqui? Mais uma postagem saindo quentinha pra vocês e dessa vez vamos falar de metas para 2018. Muitas pessoas falam que o ano definitivamente só começa depois do carnaval, talvez tenha sido por essa razão que demorei um pouco para fazer essa postagem para vocês e com vocês.

Não minto que esse ano é um ano de grandes mudanças na minha vida, quem me acompanha no Instagram e no Youtube sabe que logo logo minha filha vai estar nascendo; e um bebê muda muito a nossa vida e a nossa rotina, por essa razão não fiz metas extensas e nem fora da minha realidade.

1. Dedicar-me ao Blog/Canal:
Na verdade a minha maior meta literária para 2018 é ser bem mais presente no blog e no canal. 2017 foi um ano em que fiquei muito ausente, era muita coisa acontecendo ao mesmo tempo, foram muitas mudanças intensas, algumas pensadas como a minha religião e outras completamente inesperadas como a descoberta da minha gravidez e a antecipação do meu casamento. Toda essa mudança acabou me deixando muito focada na minha vida pessoal e as leituras acabaram consequentemente caindo muito e as postagens ficaram quase que esquecidas.

2. Concluir Meu Projeto - Tira Da Estante e Lê:
Ainda em 2017 eu coloquei um projeto pessoal em andamento que era o de ler todos os livros não lidos e acumulados que existem na minha estante e obviamente eu não cumpri nem com uma pequena parcela do projeto. Resolvi continuar com o projeto esse ano, afinal preciso colocar minhas leituras em dia (no caso será mais uma tentativa, afinal não sei como ficará a minha vida com uma bebê). Pra quem ainda não viu o vídeo que falo e apresento o projeto, deixo aqui o link.
Pinterest


3. Evitarei ao Máximo Comprar Livros:
Acredito que essa será uma das metas mais fáceis de cumprir, não por mim somente, mas principalmente por estar descobrindo um mundo novo e maravilhoso que é o de ser mãe, consequentemente penso muito mais em coisas para a neném do que em coisas para mim. E pode até ser que eu compre um ou outro livro (como já aconteceu rsrs') mas sem dúvidas será muito bem pensado a função daquele livro neste momento da minha vida.

4. Leitura de Clássicos NACIONAIS:
Acredito que muitos (ou não) que me acompanham por aqui sabem que eu sou estudante de Letras Português  e Literatura Portuguesa, e ultimamente tenho sentido uma falta grande da leitura dos clássicos nacionais, preciso reler muitos livros lidos no tempo de ensino médio (só que agora com outros olhos) e ler muitos que não li que são importantes para a construção da nossa literatura.
Brasil Escola


5. Não Me Cobrar Demais Se Nada Disso Acontecer:
Essa é a minha principal meta, não me cobrar pela ausência no blog ou por possíveis leituras que não irei conseguir cumprir. Desde o inicio desse ano tenho tentado colocar todas as coisas do blog em ordem, cumprir com envios que ainda não haviam sido feitos, pensar em possíveis postagens e videos para o canal, etc. Mas eu também tenho uma vida aqui fora para cuidar, uma vida bem agitada por sinal, tem casa, marido, emprego, gravidez e as coisas da neném pra organizar e conciliar tudo isso com um blog e um canal não é fácil. Se em algum momento o Blog/Canal se tornar estressante tem alguma coisa errada, afinal faço isso com todo carinho e dedicação do mundo, é um hobby/trabalho do qual eu adoraria viver, mas que ainda não me rende nenhum valor monetário, e por essa razão tento não ficar em "parafuso". Por isso peço acima de tudo aos meus seguidores/amigos/leitores paciência pois nem sempre eu vou conseguir dar conta de tudo e se der certo que ótimo, mas se não der certo é porque simplesmente ainda não é o momento.

Essas são as minhas metas para 2018, são simples, diretas e o mais importante sem muitas cobranças. E vocês criaram alguma meta para este ano? Contem-me nos comentários, ou deixem aquele link para a postagem de vocês, vou adorar saber mais sobre cada um de vocês. Antes de finalizar essa postagem, gostaria de pedir um enorme favor para vocês, quem puder me indicar algum tema de vídeo para gravar pro canal, será muito bem vindo.

Por hoje meus Lunatic's é só. Espero que tenham gostado.
Beijos da Lua!

sexta-feira, 16 de fevereiro de 2018

Resenha: Projeto 94 - Rodrigo Fonseca

Oi Oi Lunatic's! Tudo bem por aqui? Primeira postagem de 2018 saindo quentinha do forno e com muito bom gosto =)
Hoje para iniciar o nosso ano em grande estilo vou trazer para vocês a resenha do livro Projeto 94 do nosso queridíssimo parceiro Rodrigo Fonseca. Esse livro não é novidade aqui no nosso Cantinho, já tivemos primeiras impressões dele nessa postagem aqui, mas agora vamos de resenha mesmo, preparados?

* INFORMAÇÕES:
Título: Projeto 94
Autor: Rodrigo Fonseca
Editora: Arwen
Literatura: Nacional/Ficção Científica
Páginas: 193
Lido Em: Fevereiro/2018
Skoob 
Sinopse: Jake é um jovem prodígio nas corridas devido a sua velocidade fora do comum. É justamente isso que o faz ficar intrigado: como pode correr tanto, a ponto de seus pés mal tocarem o chão? Quando Jake começa a ter estranhos sonhos, as peças deste misterioso quebra-cabeças vão se encaixando e ele embarca em uma aventura em busca de respostas que justifiquem sua alta performance. Filho do renomado cientista Evan Sturguess, dono da clínica Genetic Corporation, Jake vive uma relação conflituosa com o pai, desde a morte da sua mãe. Além dessa grande distância emocional, Jake descobrirá da forma mais dura possível, como alguns segredos podem nos afastar das pessoas e até mesmo mudar nossas vidas para sempre. Jennifer é outra jovem que vê sua vida mudar de repente, observando incomuns acontecimentos envolvendo o poder de sua mente e instintivamente ligando isso a um cartão recebido na infância: um cartão da Clínica Genetic. Projeto 94 é uma aventura onde cinco jovens viverão uma história com mortes, cobiça, paixões, muita adrenalina e emoção. O que é o projeto? Qual seu objetivo?

* MINHAS IMPRESSÕES:
- Trama e Narração:
 A narrativa do livro acontece do ponto de vista de dois personagens que são o Jake (Jacob) e a Jennifer, ambos em momentos diferentes da vida e com vidas completamente diferentes mas que de certa forma convergem para um único lugar. Como nos mostra a sinopse do livro o destino dos dois jovens está ligado a clinica Genetic, que pertence ao pai de Jake e ambos estão descobrindo segredos dentro da própria mente. Desde o inicio do livro acompanhamos a jornada dos dois em busca de resposta para as dúvidas que estão surgindo, somos apresentados as questões sem respostas e junto com eles buscamos explicação para o que está acontecendo. A narrativa é toda feita em primeira pessoa, por tanto só sabemos o que os personagens sabem; a escrita do Rodrigo é leve e flui bem, tanto que mesmo a leitura sendo do livro em PDF é rápida e gostosa de ser feita.

- Personagens:
 Por ser uma narrativa com um narrador personagem somos apresentados aos demais personagens do livro aos poucos, alguns com um papel fundamental na trama e outros que são somente ganchos para descobrirmos os famosos segredos. Mesmo que alguns personagens sejam somente ganchos quase todos os que permanecem na narrativa são necessários a estória. Nós sabemos que existem cinco jovens que devem aparecer na trama, mas não sabemos quem são e de onde eles virão, mas o Rodrigo consegue de uma forma bem interessante integrar tudo sem deixar parecer superficial ou forçado. Devo dizer que senti falta de saber mais sobre os outros três jovens e sobre muitos outros personagens que aparecem e que são importantes para o desenvolvimento da narração, mas como o livro tem continuação (Genes Letais que jã está em lançamento) espero que essas faltas que senti sejam supridas. O Jake não é um personagem que me cativou, pelo contrário até certo ponto do livro o achei muito parado e metido e digo o mesmo do personagem Alex que é seu melhor amigo e faz parte de toda a estória, as brincadeiras dele muitas vezes me davam nos nervos. Já a personagem Jennifer é uma típica personagem feminina cheia de força, forte desde o inicio foi apenas se aprimorando e me conquistando cada vez mais.
" - Jacob Sturguess - Uma voz masculina estranha me interrompe. - Avise ao seu pai que já sabemos tudo sobre você... " 
- Página: 74

- Design:
 Ainda que minha leitura tenha sido feita em PDF devo ressaltar o cuidado da editora com cada detalhe do livro. Todos os capítulos são separados por uma página com o desenho da molécula de DNA, assim como a abertura de cada capitulo também tem a imagem do DNA e quem será o responsável pela narração daquele capitulo.


- Finalizando:
 Projeto 94 é o inicio de uma estória que tem muito ainda para ser contada, desde o começo do livro ao final temos muitas perguntas para serem respondidas e muitas dessas perguntas continuam sem respostas, e me deixa ansiosa pela continuação do livro. É um livro que desperta algumas emoções afinal temos descobertas inesperadas e mortes que não gostariamos que se realizassem. Com poucas páginas e uma narrativa que incita curiosidade e acelera no momento certo, Projeto 94 é um livro gostoso de se ler que merece o seu final de semana e que não nos deixa arrependidos da leitura, o Rodrigo consegue em poucas páginas ser preciso sem ser superficial, não é um livro com páginas para "encher linguiça" e isso faz a leitura ser prazerosa. 
  Mais uma descoberta NACIONAL que merece a atenção do leitor, pois sem dúvidas é um livro com muita coisa para ser desenvolvida ainda e que tem tudo e todas as ferramentas para ser uma paixão.
 E então já conheciam o livro? Conhecem o escritor Rodrigo Fonseca? Vou deixar aqui a página dele no facebook para quem se interessar pelos livros entrar em contato com ele para efetuar a compra, garanto que não irão se arrepender. 
 Por hoje, isso é tudo. Deixem nos comentários a opinião de vocês a respeito do livro, da resenha. Lembrando que toda critica é bem vinda. E para não ficar somente nessa resenha, declaro oficialmente aberta a seleção de parcerias para o blog 2018, tenho muitos planos para esse ano e um deles é dedicar-me mais ao blog, então quem se interessar em fechar parceria conosco basta enviar um email par blogluadeprata@gmail.com

Abraços da Lua!

Você Vai Gostar de Ler:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...